A decisão do comitê organizador da Olimpíada de Tóquio em começar a viagem da Tocha por Fukushima foi muito legal. Fez a humanidade lembrar da tragédia de 2011 que matou milhares de pessoas.
E também nos fez recordar a grandeza do povo japonês que em poucos meses reconstruiu a cidade. Sem corrupção nas obras, na compra de equipamentos e sem desvios políticos de verbas